Orientação a objetos em Kotlin

brigida_oliveira
764 views

Open Source Your Knowledge, Become a Contributor

Technology knowledge has to be shared and made accessible for free. Join the movement.

Create Content
Next: Aula 02

Classes e objetos

Existem vários tipos de paradigmas de programação que diferentes linguagens seguem para fornecer recursos diferentes. Os principais paradigmas de programação são:

  • Imperativo
  • Lógico
  • Funcional
  • Orientado a Objetos

O que iremos estudar nesse tutorial é Programação Orientada a Objetos (POO). Kotlin também fornece recursos POO como abstração , encapsulamento , herança , etc. na forma de classes, objetos, interfaces, etc, mas Kotlin não é uma linguagem POO pura, pois também fornece recursos de programação funcional como lambdas , função de ordem superior , etc. Portanto, o Kotlin suporta programação funcional e orientada a objetos.

Classes e Objetos

No mundo real, podemos encontrar diferentes objetos do mesmo tipo, mas com propriedades diferentes. Tomemos o exemplo de um celular. Cada celular tem algumas propriedades como modelo, preço, cor, tamanho, RAM, etc. Para poder definir diferentes configurações móveis, devemos ter algum tipo de espaço em branco para ser arquivado, como um blueprint, com o qual podemos criar vários objetos de dispositivos móveis. Podemos conseguir isso usando uma classe.

A classe é usada para criar um blueprint de um objeto. Então vamos continuar com este exemplo por todo o capítulo, abaixo vamos definir uma classe chamada Mobile na qual vamos definir todas as suas propriedades e métodos, e então vamos criar objetos dessa classe, com valores diferentes para essas propriedades. Considere os objetos como telefones celulares fornecidos por diferentes empresas, ou diferentes modelos de celulares, como o iPhone 11 Pro pode ser um objeto, o Samsung Galaxy S 20 pode ser outro objeto com configuração própria, depois o One Plus 7 e assim por diante.

Classe Kotlin

Uma classe é definida usando a palavra-chave class. A sintaxe para criar uma classe é:

class nomeDaClasse { // cabeçalho da classe
    // corpo da classe
}

Uma classe Kotlin tem duas partes principais:

  • Cabeçalho da classe: contém o nome da classe, construtor primário, construtor pai, etc.
  • Corpo da classe: O corpo da classe contém propriedades, métodos, construtores secundários, bloco de inicialização, etc.

Vamos começar criando uma classe simples chamada Mobile. Ela contém as seguintes propriedades e métodos:

Propriedades:

  • Marca
  • Modelo
  • Preco (o preço)
  • Desconto

Métodos:

  • getActualPrice(): Retornará o preço com desconto do celular.
  • printDetails(): Esta função imprimirá detalhes do celular.

Nesse exemplo, estamos criamos uma classe básica com propriedades e métodos.

Pontos importantes sobre as classes Kotlin são:

  • As propriedades devem ser inicializadas no momento da criação do objeto. Inicializamos marca e modelo como uma string vazia e preco e desconto como 0, como valores padrão.
  • Por padrão, as classes são públicas em Kotlin.

Objeto de classe em Kotlin

Objeto é a entidade do mundo real. Ele tem todas as propriedades e métodos declarados em uma classe. A sintaxe para declarar um objeto de uma classe é:

var nomedoNovoObjeto = NomeDaClasse()

Podemos acessar as propriedades e métodos de uma classe usando o operador . (ponto). Após o nome do objeto, adicione o ponto . e o nome da propriedade/método:

var nomeDoNovoObjeto = NomeDaClasse()
nomeDoNovoObjeto.propriedade = 0
nomeDoNovoObjeto.nomeDoMetodo()

Vamos criar um objeto da classe Mobile e chamar seus métodos abaixo:

Explicação:

  • Na linha nº 2, é criado o objeto da classe Mobile.
  • Da linha 3 à linha 6, são fornecidos valores para todas as propriedades de classe.
  • Na linha 8, o preço com desconto é impresso usando a função getActualPrice().
  • Na linha 10, a função printDetails() é chamada.

Construtor Primário e Secundário

Um construtor é usado para inicializar as propriedades da classe quando um objeto da classe é criado. Pode ser considerada como uma função especial. O construtor chama a si mesmo no momento da criação do objeto. Sempre que criamos um objeto de uma classe, o construtor é chamado automaticamente.

Existem dois tipos de construtores em Kotlin:

  • Construtor primário
  • Construtor Secundário

Pode haver apenas um construtor primário e muitos construtores secundários.

Construtor primário

Uma das características mais importantes do Kotlin é sua concisão. Ela pode ser visto na declaração do construtor primário. O construtor primário é uma parte do cabeçalho da classe. Todas as propriedades da classe também se tornam parte do construtor primário.

O construtor primário é criado adicionando constructor() no final do nome da classe:

class NomeDaClasse constructor(){
}

A palavra-chave constructor também pode ser removida:

class NomeDaClasse(){
}

Isso significa que, quando definimos uma classe normal, o construtor primário é criado.

Vamos criar um construtor primário para a classe Mobile que criamos nesse capítulo:

Aqui todas as propriedades de classe são definidas como os parâmetros do construtor primário.

Agora, vamos criar um objeto desta classe:

Agora as variáveis ​​são inicializadas pelo construtor primário.

Mas torna-se necessário fornecer todos os valores para propriedades de classe. Para isso, também podemos fornecer valores padrão para o construtor primário:

class Celular (var marca: String = "", var modelo: String = "", var preco: Double = 0.0, var desconto: Double = 0.0)

Construtor primário com bloco init

No construtor primário, os valores fornecidos são atribuídos diretamente às propriedades da classe. Se quisermos alterar os valores antes de atribuí-los ou adicionar alguma lógica ao construtor primário, podemos usar o bloco init.

Aqui está um exemplo de código,

Agora podemos criar o objeto e imprimir os detalhes:

Pontos importantes sobre o bloco init:

  • O bloco init é sempre chamado após o construtor primário.
  • Uma classe pode ter vários blocos init.

Construtor Secundário Kotlin

Um construtor secundário é usado para inicializar um grupo de valores. Os construtores secundários são criados usando a palavra-chave constructor. Uma classe pode ter um ou mais construtores secundários.

Vamos criar dois construtores na classe Celular:

Agora podemos criar um objeto passando valores de acordo com os construtores:

Alguns pontos sobre o construtor secundário:

Construtores secundários não são tão comuns. Eles geralmente são evitados, os blocos init podem ser usados ​​para executar qualquer tarefa específica antes da criação do objeto.

Se o construtor primário já estiver presente, cada construtor secundário deve chamar o construtor primário. Ele é chamado usando this():

constructor(_marca: String, _modelo: String): this()

Exemplo:

Também podemos chamar um construtor secundário de outro construtor secundário usando this():

constructor(_marca: String, _modelo: String): this(10.00,1.00)

Esse construtor está chamando outros construtores com valores 10.00 e 1.00 para preco e desconto.

Também podemos chamar o construtor da classe pai (no caso de herança) usando super().

Fonte:
https://www.studytonight.com/kotlin/kotlin-class-and-object
https://www.studytonight.com/kotlin/kotlin-constructor-primary-and-secondary-constructor
Open Source Your Knowledge: become a Contributor and help others learn. Create New Content